quinta-feira, novembro 27, 2014






ESTE É O PAÍS DO ESTADO “DEMOCRÁTICO” DE DIREITO, SOB A ÉGIDE DA CONSTITUIÇÃO “CIDADÔ EM “TEMPOS DE PAZ”!
São Paulo em chamas com uma pessoa morta atropelada devido ao pânico
video
Aumento de latrocínios em São Paulo
video
- Pois é secretário, junte-se as leis frouxas à leniência do inacreditável Poder Judiciário não pode dar em outra coisa, mas vai melhor, vem aí o “humanitário e cristão” Indulto de Natal!
SP: ônibus é queimado dentro de terminal
- E precisa saber a causa, se na republiqueta sem lei e sem ordem, entregue a bandidagem, a polícia prende um pedófilo, já é motivo pra arrastões e queima de veículos!
Nem cafezinho se pode tomar mais na republiqueta mais violenta do mundo cinicamente dito em “tempo de paz”!
Favelas no RJ sofrem com tiroteios e ataques a UPPs
No Rio, ontem, as 7:30hs da manhã em pleno Centro da Cidade!
video
- E ainda tem “iluminado” que tem a coragem de escrever um artigo pra um jornal de grande circulação dizendo queparte oportunista da mídia somente tem o interesse em vender notícias bombásticas, desinformando e aterrorizando a população”
PM de UPP torturado e assassinado por bandidos
video
Segundo policial assassinado em dois dias e 240 policiais baleados só este ano
- Pergunta se a turminha dos “Direitos Humanos” protestou ou foi lá pra prestar solidariedade à família de “negros” policiais que defendem a sociedade, sim, porque, quando o bandido é “negro” aí vale o discursinho “politicamente correto”!
- Agora, basta a bandidagem se matar entre eles numa cadeia para que comboios de Comissões de “Direitos Humanos” partam pra lá imediatamente!

ENQUANTO ISSO OS “ILUMINADOS” NÃO ESTÃO NEM AÍ, PARECE QUE ISSO TUDO ESTÁ ACONTECENDO NO IRAQUE






PÉROLA DO DIA
(...) o Brasil não é o país da impunidade. (...) A sensação de impunidade nada tem a ver com a concreta aplicação das penas, pois as pessoas comuns não estudam estatísticas criminais e a parte oportunista da mídia somente tem o interesse em vender notícias bombásticas, desinformando e aterrorizando a população. (fragmento do artigo do nobre advogado Filipe Fialdini - O Globo – 22.09.2014 - http://oglobo.globo.com/opiniao/dar-opcoes-em-vez-de-punir-13994935)
Justiça dá penas brandas para crimes de estelionato
- Quantos sonhos e expectativas estas escórias já não destruíram de cidadãos de bem e de famílias, mas a republiqueta com seu bizarro ordenamento jurídico e seu inacreditável Poder Judiciário continua a achar que é um crime de “menor potencial ofensivo” por praticarem seus crimes sem uso de armas de fogo, como se os instrumentos de que se utilizam não fossem tão poderosas quanto, entretanto, a republiqueta ainda vive do tempo do conto do paco. Aliás, há poucos dias postei aqui neste blog fuleiro a reportagem de um vagabundo estelionatário que há QUARENTA ANOS praticava seus crimes, a polícia prendia, o inacreditável Poder Judiciário soltava e, quanto muito, aplicava aquelas penas “duríssimas” que conhecemos, resultado, foi preso novamente e daqui a pouco estará nas ruas, se que é ainda esta em cana!
- Por outro lado, progressistas, notáveis, brilhantes, libertários e nobres juristas, causídicos, alguns magistrados e guardiões da Constituição “Cidadã” insistem na defesa da tragicômica teoria de que aumento de penas privativas de liberdade não resolve, já vi algumas fundamentações afirmarem que “a prisão é exceção e não a regra”!
- Quanto a afirmação do nobre causídico libertário ouvido na reportagem, nem mesmo um traficante pé de chinelo, é estúpido o suficiente de acumular patrimônio e fortuna em espécie em seu nome, quanto mais um estelionatário que tem um QI um pouco maior do que o do mequetrefe, além do mais, o Petrolão está aí pra desmontar os argumentos dos notáveis libertários, haja vista que, bastou um juiz sério, competente e honrado presidir os trabalhos da Operação Lava Jato e meter figurões na cadeia, ainda que temporariamente, pra os corruptos começarem a abrir o bico na delação premiada e se prontificarem até a devolverem fortunas em milhões de reais e outros já correram atrás do TCU e da CGU para propor o que cinicamente é chamado na republiqueta, paraíso da impunidade,  de “repactuação” de contratos e devolução do que andaram roubando, só de pensarem na peninha que poderão vir a serem condenados, quanto mais se isto aqui tivesse realmente Justiça e fosse sério!
- A propósito:
EMPRESAS NEGOCIAM ACORDO PARA TIRAR EXECUTIVOS DA PRISÃO
A prisão de executivos de empreiteiras sepultou de vez a ideia de um acordo criminal coletivo, que beneficiasse a todos, mas ao menos duas empresas negociam algum tipo de colaboração com a Justiça para tirar seus diretores da prisão.
São a Camargo Corrêa e UTC Constran. Três integrantes da cúpula da Camargo podem ficar um mês na prisão: o presidente do conselho, João Auler, o presidente da empreiteira, Dalton Avancini, e o vice-presidente Eduardo Leite. Ricardo Pessoa, presidente da UTC Constran, também está nessa situação.
Os executivos ficaram em silêncio nos depoimentos à Polícia Federal, mas o advogado de Leite, Antonio Claudio Mariz de Oliveira, explicitou a negociação.
"Vamos tomar conhecimento de todos os fatos e aí podemos colaborar com um depoimento mais específico na sequência", disse. "Ele [Leite] poderá admitir [atos ilícitos] se forem verdade e colocar a mão à palmatória."
...
- Mas os iluminados libertários continuam com a cantilena de que aumento de pena de prisão não resolve!
- Ah, já ia me esquecendo, falando nos criminosos de “menor potencial ofensivo”...
Mulher é vítima de fraude e tem prédio da empresa penhorado pela justiça
- E agora? – Bom, agora, o casal que leve mais 13 anos tentando provar que pulga não é elefante e que fique com seus bens penhorados e sua empresa inviabilizada, afinal, estelionato para a republiqueta paraíso da impunidade é crime de “menor potencial ofensivo”!
Estes aí o inacreditável Poder Judiciário resolveu colocá-los na rua para praticarem novos crimes de “menor potencial ofensivo” de quatro milhõesinhos de reais em cima dos cidadãos de boa-fé e não “oferece risco a sociedade!
video
- Quando forem presos novamente, serão “condenados” a darem palestras sobre... cidadania!
- Quem quiser conhecer os crimes de “menor potencial ofensivo” praticados pelos bem nascidos inofensivos à sociedade é só clicar aqui
Outros que praticam crime de “menor potencial ofensivo” que daqui a pouco estão na rua, desta vez em São Paulo
- Só dá eles e só dá o inacreditável Poder Judiciário os colocando na rua, uma escória destas daí já tinha ido em cana pelo mesmo crime!

AMENIDADES
EMERGÊNCIA
Um eletricista vai até a UTI de um hospital, olha para os pacientes, Ligados a diversos tipos de aparelhos e diz-lhes:
- Respirem fundo: vou mudar o fusível.

STF MANDA PAGAR SÓ 5 ANOS DE FGTS
Quem ajuizar ação para reaver fundo não depositado receberá apenas os últimos 60 meses
O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que, a partir de agora, um trabalhador poderá
requerer na Justiça somente o valor correspondente aos últimos cinco anos do Fundo de
Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) que não tenha sido depositado pelo patrão (8% sobre o salário mensal). Até então, era possível reivindicar o montante que não tivesse sido
creditado por até 30 anos.
A decisão valerá somente para futuras ações apresentadas à Justiça. Para aqueles processos
já em andamento, continuará valendo o prazo de 30 anos. Fica mantida a regra segundo
a qual o trabalhador tem somente dois anos para ingressar com um processo, a contar da data da demissão.
A decisão foi tomada no julgamento de uma ação movida por uma funcionária do Banco
do Brasil, que reclamava de valores não depositados em sua conta de FGTS. Por ter a chamada "repercussão geral", a decisão deverá ser seguida pelos demais tribunais do país,
onde tramitam ações semelhantes que aguardavam uma manifestação do Supremo.
Para José Roberto de Oliveira, presidente da Associação Nacional de Assistência ao
Consumidor e Trabalhador (Anacont), o "prejuízo é difícil de ser revertido", por se tratar
de uma decisão do STF. (jornal Extra – 14.11.2014)
- Tá pensando o quê macaco cidadão, vivemos sob a égide da Constituição “Cidadã”, com brilhantes, notáveis, nobres e eminentes guardiões dela, preocupadíssimos em defendê-la e preservar os direitos fundamentais nela contidos, como por exemplo, a presunção de inocência de réu confesso, considerar “cruel e desumano” o cumprimento da pena integral dos condenados por crimes hediondos, sumular uso de algemas para evitar “constrangimento ilegal” de bandidos criminosos e corruptos e, anistiar torturadores e assassinos que praticaram tais crimes em nome do Estado brasileiro!
- Esperto mesmo será o empresário inadimplente contumaz juntar um dinheirinho até completar cinco anos e sonegar os outros 25 do FGTS, quanto aquele empresário correto que chega a contrair dívidas bancárias para manter as contribuições fiscais em dia que pague juros extorsivos aos bancos e entre no cheque especial pagando juros estratosféricos!
- Sempre lembrando que dia 8 próximo será comemorado o Dia da...Justiça, com os eloqüentes e patrióticos discursos e as condecorações com a medalha do Mérito Judiciário aqueles que se destacaram com relevantes e imprescindíveis serviços à Justiça do Brasil varonil!

APESAR DE PROGRAMAS, CRACOLÂNDIA VOLTA A CRESCER NO CENTRO DE SP
A multidão se amontoa em volta dos 48 barracos em busca das pedras de crack. É a feira de drogas que acontece 24 horas por dia na nova "favelinha" da cracolândia, que cresce no centro paulistano.
A aglomeração mostra que, quase na metade de seu mandato, a gestão Fernando Haddad (PT) não conseguiu reduzir o fluxo de dependentes químicos na região.
Ao contrário. Deparou-se com o aumento da frequência de usuários e traficantes, mesmo após o lançamento de um programa que dá emprego e moradia a viciados, batizado de Braços Abertos.
Em junho, quando surgiram os primeiros dez barracos de lona na região, a prefeitura fez a remoção. De setembro para cá, porém, novos barracos apareceram. De três que estavam lá naquele mês, o número saltou para 48, segundo contagem da Folha ao longo desta semana.
A mesma ocupação desordenada de usuários já havia ocorrido em janeiro, porém em outra esquina do centro. Na ocasião, para dar fim às 147 barracas, Haddad anunciou o início desse programa, que paga até R$ 15 por dia de trabalho na varrição de rua e oferece quartos de hotel aos interessados em se tratar.
A distribuição das pedras de crack acontece ao lado da sede do programa de tratamento de dependência do Estado, o Recomeço, e do ônibus da Guarda Civil Metropolitana dotado de câmeras que monitoram o movimento.

...
- Ué, ouvi eloqüentes discursos sobre a brilhantes iniciativa do nobre companheiro alcaide!
EM REDE SOCIAL, FERNANDO HADDAD CRITICA POLICIAMENTO NA CRACOLÂNDIA
A conta no Twitter do prefeito Fernando Haddad (PT) amanheceu nesta quinta-feira (20/11) com uma dura crítica ao policiamento na cracolândia: "Crack: cobram da União a fiscalização de 17 mil km de fronteiras contra a droga, mas as polícias locais não controlam um quarteirão da LUZ".
...
- Como se uma coisa justificasse a outra!
- Estes intelecutalóides “progressistas, politicamente corretos” são engraçados, se a polícia vai lá reprimir, correm para os holofotes pra dizer que as cracolândias republiqueta afora não é problema de polícia é problema de saúde, agora tão reclamando da polícia!

PRONTO, FALEI!
Amigos do prefeito Eduardo Paes dizem que ele já confessou a pessoas próximas: “Não saio da Prefeitura sem ver a Portela campeã do Carnaval.” E o prefeito quer porque quer que sua escola do coração se sagre campeã em 2015, quando o Rio completa 450 anos. A Prefeitura já mandou despejar alguns milhões de reais na agremiação de Madureira para que o sonho de Eduardo seja concretizado.
- Enquanto isso as escolas municipais de ensino fundamental estão uma maravilha!
- Como diria o nobre governador de São Paulo Geraldo Alckmin:
“o povo não sabe um décimo do que se passa contra ele e, se soubesse, ia faltar guilhotina para a Bastilha, para cortar a cabeça de tanta gente que explora esse sofrido povo brasileiro”. (http://oglobo.globo.com/pais/irritado-alckmin-diz-que-falta-guilhotina-para-corrupcao-8347587)

‘ANALFABETISMO É COISA DO PASSADO’
RIO — Hugo Germano abre o livro na página 73 e mostra, orgulhoso, o conto “Assassino noturno” publicado no anuário da Festa Literária Internacional das Periferias (Flupp) do ano passado.
— Esse aqui fui eu que escrevi — diz, antes de abrir o sorrisão. — Depois que descobri que eu era capaz de escrever, todo dia tenho ideias.
A descoberta a que Hugo se refere veio depois de frequentar uma oficina de leitura, em 2012, na favela do Cantagalo. Nas aulas, o professor notou a dificuldade dele em entender o que lia. Hugo conta que era analfabeto funcional — conseguia ler, mas não tinha capacidade de compreender textos:
— Não conseguia entender porque nunca tinha lido um livro na vida. O professor, na época, sugeriu que eu fosse à Flupp, que estava ocorrendo no Morro dos Prazeres. Saí de lá com vários livros doados — relembra Hugo.
Agatha Christie, Clarice Lispector, H.G. Wells foram alguns do autores que Hugo começou a conhecer. Em pouco mais de seis meses, 14 obras foram lidas. O passo seguinte foi começar a escrever.
Publicidade
— A leitura foi essencial para que eu começasse a melhorar o texto. Eu continuei fazendo oficinas e fui aprendendo a escrever com os autores que eu lia. Foi uma honra publicar um conto no livro da Flupp. Analfabetismo é coisa do passado — afirma Hugo.
Terminada ontem a 3ª edição do evento, a Flupp este ano ocorreu na favela da Mangueira e atraiu cerca de 20 mil visitantes nos cinco dias de programação. O político e ativista brasileiro Abdias do Nascimento foi o autor homenageado.
— O evento foi um sucesso. Mês que vem já iniciaremos o planejamento da edição de 2015 — diz Julio Ludemir, organizador da Flupp.
- Ih, a turminha esquerdóide “politicamente correta e progressista”  que acha que todo carente tem que ser bandido, porque é um “pobrema social”, mas não são preconceituosos, não, defendendo as leis frouxas por esta razão não deve ter gostado nada, nada, desta notícia que afronta os seus princípios “progressistas”!

SOBROU PARA A BAILARINA
Na palestra para clientes do Banco Itaú, ontem à tarde, no Copacabana Palace, Joaquim Barbosa disse estar preocupado com as próximas nomeações para o STF.
O ministro considerou ainda que as mudanças do colegiado do Supremo em 2012 e 2013 fizeram com que, no caso do mensalão, as penas aos políticos fossem de fato menores do que as penas dos não políticos.
Ou seja...
A turma que foi julgada antes das trocas de ministros pagou um preço maior. É o caso de Kátia Rabello, a ex-bailarina que presidia o Banco Rural, cuja regressão da pena será em 2016.
Já políticos como Dirceu, Valdemar Costa Neto, Bispo Rodrigues e outros cumprem pena domiciliar.
Só que...
O que todo mundo queria ouvir, e ninguém teve coragem de perguntar, é por que Joaquim Barbosa ficou neutro nas eleições deste ano. (coluna Ancelmo Góis – O Globo – 12.11.2014)
- Não precisa perguntar, se tiver um QI mais ou menos na média, basta olhar para o quadro político da republiqueta para perceber que é tudo farinha do mesmo saco, vide acórdão recente na CPI da Petrobras pra não convocar ninguém, nem de um lado nem do outro, conseqüentemente, qualquer pessoa com um mínimo de decência se recusa a chafurdar na mesma lama!

NÚMERO DE MORTES NO TRÂNSITO TÊM MAIOR QUEDA NO BRASIL DESDE 1998
As mortes em acidentes de trânsito caíram 10% em todo o país no ano passado, segundo dados do governo federal.
A redução interrompe uma sequência de aumento da violência no trânsito, que durava havia três anos, e também representa a queda mais expressiva desde 1998, quando as mortes diminuíram em 13%.
Apesar disso, os números estão longe dos registrados em países desenvolvidos.
Dados preliminares do SUS (Sistema Único de Saúde) apontam que foram 40,5 mil vítimas em 2013, ante 44,8 mil no ano anterior.
A estatística coincide com o primeiro ano de vigência da Lei Seca mais rigorosa, que dobrou o valor das multas.
Também passaram a ser aceitos novos meios de provar a ingestão de álcool, além do bafômetro, e a classificação do crime de trânsito por dirigir embriagado ficou menos rígida -ou seja, ficou mais fácil para o infrator ser enquadrado como criminoso.
...
- Fico imaginando se a lei fosse verdadeiramente dura quantas vidas a mais não seriam poupadas!
- Quem não deve ter gostado da notícia são os “iluminados libertários” da republiqueta, paraíso da impunidade, que com seus discursinhos afirmam que penas duras e aumento de penas não diminuem a criminalidade!